Uncategorized

1° Torneio Bike Polo – 27 Fev 2010 – 10:00 h – Jardim de Paço d’ Arcos

1. Objectivo:
Propõe-se a criação de um workshop de aprendizagem de Urban Bike Polo, seguido de um torneio, de modo a aliar as componentes: ambiental, lúdica e desportiva. É também intenção da associação demonstrar ao público meios de transporte alternativos ao carro, assim como a sua possibilidade de diversão.

2. Enquadramento
O Though Hardcourt Bike Polo é um jogo que se assemelha mais ao hóquei do que com o polo tradicional. A palavra polo é utilizada porque os jogadores estão sentados em algo que se movimenta e rematam a bola com um taco. Urban Bike Polo ou simplesmente Bike Polo é uma das variações do polo e que será o desporto alvo desta actividade. O Urban Bike Polo surgiu no inicio do ano 2000 em Seattle nos EUA. Desde 2004, muitas cidades norte-americanas têm realizado torneios inter-cidades. O 1º Campeonato Europeu de realizou-se em Agosto de 2009, com cerca de 40 equipas inscritas de toda a Europa.

3. Data e Local
O projecto realizar-se-á no dia 27 de Fevereiro em Paço de Arcos – Jardim da Avenida Marquês de Pombal – Oeiras

4. Participantes
Pretende-se que participem na actividade 36 pessoas.

5. Descrição das actividades
A actividade será composta pelos dois períodos seguintes:
• Workshop de aprendizagem teórica, com toda a informação no que diz respeito aos objectivos do jogo e às suas regras, e aprendizagem prática com algumas “dicas” para jogar.
• Torneio de carácter lúdico com todos os participantes. Cada equipa é composta por 3 elementos. As equipas serão compostas no dia do torneio. Caso não estejam todas completas, as pessoas que não tiverem equipa serão colocadas aleatoriamente.

6. Calendarização

MANHÃ

10h -10.30h Briefing teórico
10.30h – 11.15h Orientação Prática – Grupo 1
11.15h – 12h Orientação Prática – Grupo 2
12h – 12.30h Sorteio

Almoço – Local a designar
Existirá uma fase de grupos e outra por eliminação com os primeiros lugares de cada grupo. Os jogos têm a duração de 10 minutos ou no caso de uma equipa chegar primeiro aos 5 pontos.

TARDE

13.30h – 17h Torneio
17.10h – 17.20h Final
17.30 Entregas de prémios

Regras (retiradas do último Campeonato da Europa)

• São necessários capacetes obrigatoriamente.
• O campo tem as seguintes dimensões: 20m x 30m.
• As balizas têm as seguintes dimensões: 165cmX75cm.
• As seguintes regras encontram-se ordenadas por ordem de prioridades:

a. Bicicleta – poderá utilizar a bicicleta que quiser, no entanto terá que ter pelo menos um travão. Uma bicicleta fixed conta como travão. São permitidas covers de rodas, mas qualquer peça adicional que facilita a defesa não é permitido.

b. Tacos – Os árbitros decidirão no que se refere à segurança dos tacos. As pontas dos tacos não deverão ser feitas se metal ou qualquer outro material que seja pontiagudo e/ou não poderá obviamente chipar, quebrar ou lascar. As partes finais dos tacos (local da pega) deverão estar devidamente colocadas.

c. Jogadores – As equipas são constituídas por 3 elementos. Durante o jogo, o equipamento poderá ser substituído, mas os jogadores não. Antes ou depois do jogo, um jogador lesionado pode ser substituído por um jogador que não esteja inscrito noutra equipa.
Equipa ofensiva significa que a equipa que possui a bola encontra-se no meio campo adversário ou defende a baliza oposta na qual se situa a bola, consoante o caso mais apropriada.
Equipa defensiva significa que a equipa não possui a bola ou defende a baliza do meio campo no qual se situa a bola, consoante o caso mais apropriado.

d. Início do jogo – os jogadores começarão nas suas balizas e a bola será colocada no centro do campo. O árbitro gritará “3, 2, 1, Go!” e qualquer jogador das duas equipas poderá ir de encontro à bola para ganhar a posse de bola.

e. Jogo com bola – Jogar com bola é considerado como algo directamente relacionado com o processo de bloquear a posse de bola, ganhar a posse bola, passar, conduzir a bola e colocar a bola na baliza adversária.

f. Shuffles e Hits
Um hit é o toque dado na bola unicamente com a ponta do taco. Considera-se shuffle o toque na bola realizada com a parte lateral do taco.
Um shuffle ofensivo não conta como golo. Se a bola for remata com a parte lateral do taco, o jogo contínua sem interrupções. Qualquer uma das equipas pode ficar com a posse de bola a equipa que Shufflou só poderá marcar se a bola passar por um outro jogador.
Se a equipa coloca a bola dentro da sua própria baliza é considerado golo para equipa adversária (auto-golo).

g. Reflection e deflction
Reflection é considerado um toque vindo de um jogador ofensivo ou da sua bicicleta propositado ou acidental.
Deflection é considerada um toque vindo de um jogador defensivo ou da sua bicicleta propositado ou acidental.
Se um jogador ofensivo adicionar velocidade ou mudar a direcção propositadamente a uma reflection não é considerado golo. Todas as outras reflections são consideradas golos.
Deflections, não vindos de um shuffle ofensivo contam como golo para a equipa ofensiva.

h. Lobs e “The Angelo“
É legal levantar a bola e/ou encaixar a bola numa das pontas do taco (“the angelo”) mas nenhuma das duas conta para marcar golo.

i. Depois de um golo/ Recomeçar o jogo
No caso de a bola fazer ricochete após o golo a equipa que sofreu o golo tem de ter a posse de bola antes que a equipa que marcou possuir novamente. O árbitro pode mandar que a bola seja enviada para o meio-campo da equipa que sofreu o golo.
Depois de ser marcado um golo, a equipa que marcou terá de voltar para a área da sua baliza e não poderá voltar ao centro do campo até que a bola ou qualquer um dos jogadores passar pelo centro do campo.
A equipa que sofre o golo toma a posse de bola. Nenhum dos jogadores que sofreu golo com ou sem bola só poderá passar o meio campo após pelo menos dois dos jogadores que marcaram tenham voltado para a sua área, um desses jogadores pode ser o guarda-redes que já estava na área. No caso de a equipa que marcou o golo demorar muito tempo a chegar à sua área o árbitro pode declarar “game on”. Da mesma forma, no caso de a equipa que sofreu o golo demorar muito tempo a passar o meio campo o árbitro poderá igualmente declarar: “game on”.
Um jogador não necessita de tocar com o taco na zona central do ringue (na parede / porta) por pôr o pé no chão depois de um golo ser marcado mas deverá regressar à sua área.

j. Fouls
Os jogadores não podem tocar com o pé no chão. Tocar com os pés nas paredes ou barreiras é permitido. Um pé a tocar em qualquer taco ou bola é considerado pé no chão. Cada vez que um jogador faz um pé no chão esse jogador está automaticamente fora da jogada e não poderá jogar a bola até tocar numa das linhas laterais do centro do campo. O jogador terá imediatamente sair da jogada e não pode propositadamente obstruir a jogada. Uma obstrução intencional será considerada com uma penalidade grave. Um possível golo bloqueado por um jogador que este fora do jogo devido ao pé no chão não é golo.
Atirar o taco não é permitido a nenhuma altura e é considerado uma penalidade grave.
Comportamento agressivo desnecessário como cotoveladas, agarrar, empurrar, esmurrar, empurrar com os pés ou pontapear ou cabecear é considerado uma penalidade grave.
Uma “T-bone” ou carga intencional de contacto entre bicicletas que é perpendicular ou quase perpendicular (resultando em uma manobra similar à forma de uma letra ‘T’) pode ser considerada uma penalidade grave.

k. Contacto permitido
O contacto permitido não agressivo é o seguinte: corpo a corpo, taco com taco, e bicicleta com bicicleta. Este contacto só é permitido no caso de os jogadores estarem a disputar a bola. Contacto fora da disputa de bola pode resultar em penalidade.
Bola com corpo, taco ou bicicleta.
Bola com o corpo é permitido se o jogador estiver sentado no banco, com os pés nos pedais, uma mão a agarrar o taco e outra o guiador. Os jogadores não podem impedir, nem adicionar velocidade à bola com o corpo (o árbitro poderá assinalar um tap-out.)
Se a bola ficar presa na bicicleta ou num jogador a jogada continua, mas é necessário ter atenção que qualquer jogada legal em direcção à pessoa ou bicicleta será considerado jogada em direcção à bola e desta modo legal.

l. Desconto de Tempo
Os árbitros podem assinalar um desconto de tempo no caso de haver lesões ou falhas mecânicas para além destas regras, mas não tem nenhuma obrigação. O árbitro mandará prosseguir o jogo quando achar apropriado ou se achar que o desconto de tempo é desnecessário.
Pode ser pedido por um jogador apenas:
• Após a marcação de um golo
• Para assistir um jogar lesionado.
• Para assistir uma falha mecânica.
O desconto de tempo é limitado no máximo de 5 minutos, 1 por jogo e por equipa.

m. Árbitros e Penalidades:
• Os árbitros têm a palavra final.
• Determinam o que é golo ou que não é.
• Determinam o que é falta e a penalidade resultante dessa falta.
• Corrigir os postes no caso de este saírem do sítio.
• Contabilizar o resultado. O resultado será dito após cada golo.
• Contabilizar o tempo.
• Assinalar descontos de tempo no caso de haver uma lesão grave.
• Providenciar uma bola extra para o caso de a bola sair recinto de jogo.

n. As penalidades podem ser:
• Tocar em ambas as linhas laterais ou ambas as linhas de golo.
• A posse de bola passar para a outra equipa.
• Ser retirado do jogo até que seja marcado um golo, sair durante 30 segundos ou até permanentemente.

Organização – http://www.5elemento.org

One thought on “1° Torneio Bike Polo – 27 Fev 2010 – 10:00 h – Jardim de Paço d’ Arcos

  1. Pingback: 1º Torneio de Bike Polo (by 5 Elemento & Rcicla) « Blog da Cenas a Pedal

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s